sábado, 16 de maio de 2009

Açaí, caldo de cana e doença de Chagas

Em algumas ocasiões os jornais noticiam a morte de pessoas que contraíram Doença de Chagas aguda após a ingestão de açaí:

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL101996-5598,00.html

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u327670.shtml

A forma clássica de transmissão da Doença de Chagas é através da picada do inseto conhecido como barbeiro, que ao defecar ao mesmo tempo em que nos pica, nos transmite o Trypanosoma cruzi, que penetra em nossa pele quando coçamos a picada.

Isto tudo ouvimos bastante desde os tempos da escola, mas recentemente ficamos alarmados com estes casos de transmissão via oral, através da ingestão de suco de frutas.

Esta forma de transmissão, não é comum, mas seu conhecimento também não é recente. Desde 1966 se tem conhecimento de casos e epidemias deste tipo. Há poucos anos tivemos casos de transmissão através do caldo de cana em Santa Catarina e, agora, através do açaí, na região Norte, onde já ocorreram casos idênticos em 2001.

A presença dos barbeiros ou apenas de suas fezes no meio da cana, do açaí ou de qualquer outra fruta a ser moída pode ser um foco de transmissão da doença. A urina ou as fezes de outros animais contaminados com a doença, como ratos e gambás, ou até mesmo cães domésticos também podem ocasionar problemas.

Portanto, o essencial para se evitar problemas é a higiene. Os alimentos devem estar sempre protegidos do contato de insetos e outros animais. Além disso, o cozimento ou fervura dos alimentos impede a transmissão da doença. Sucos e poupas in natura, em regiões de risco, devem ser evitados.

Não podemos deixar de mencionar também como causa destes problemas o desmatamento das áreas naturais, que tiram o habitat dos barbeiros e os empurram em direção às cidades.

A foto que ilustra este tópico foi tirada do link: http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/abril2005/ju283pag02.html

Lá é possível encontrar mais informações sobre este assunto.

5 comentários:

  1. Tenho duas pessoas da minha fam´lia hospitalizadas com doença de chagas na fase aguda que tiveram a contaminação contaminação através da ingestão do açai, como em Belém o hábito de tomar açai é quase diário estamos bastante preocupados com esta forma de contaminação.

    ResponderExcluir
  2. Oi,

    meu nome é Janaina, tneho um blog sobre manipulação de alimentos, www.manipulacaodealimentos.blogspot.com e utilizo seu blog para preparar material para os cursos que ministro em diversos sindicatos no litoral sul de São Paulo. Esse trabalho é sério e parabenizo vc por ele.

    ResponderExcluir
  3. Estou muito preocupada porque minha fifha ingere quase sempre açai,e vejo repotagem que pode ser comtaminado com a doença de chagas gastaria de saber se verdade.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o post vou sempre visitar seu blog !!

    ResponderExcluir