terça-feira, 9 de junho de 2009

Feijão mágico!!!

Pela internet e até através da distribuição de panfletos, como se fossem do Santo Expedito, está circulando uma história de que o feijão cru pode ser usado como um raticida eficiente e seguro.

Esta história surgiu de uma interpretação errônea de um trabalho científico de pesquisadores da Universidade Federal de Pelotas, onde os ratos de laboratório alimentados com variedades de feijões morreram.

Algum aspirante a gênio achou que tinha redescoberto a América, já que o feijão é barato, poderia matar os ratos e não faria mal às pessoas e aos animais domésticos.

Sendo assim, divulgaram uma receita de feijão cru transformado em farinha como a mais nova e milagrosa arma contra os ratos.

Realmente o feijão cru possui substâncias tóxicas que podem matar os ratos; mas, estas mesmas substâncias também podem matar humanos e animais domésticos. Só com o cozimento do feijão é que estas substâncias são destruídas, tornando o alimento gostoso e inofensivo. Portanto, o feijão cru não é um produto seguro.

Além disso, há o problema da atratividade e da dosagem. No laboratório, os ratos só tinham disponível este tipo de alimento e só comiam isto todos os dias, em grandes quantidades.

Já na natureza, o feijão cru não seria nem um pouco atrativo para os ratos e, misturado com outros alimentos, a quantidade a ser ingerida precisaria ser muito grande, demorando muito tempo para atingir a dose letal. Portanto, a eficácia também seria muito menor do que dos raticidas anticoagulantes que são padrão no mercado.

Concluindo: Feijão cru pode matar ratos, mas também poderia fazer mal para as pessoas e animais domésticos. Além disso, seria menos eficiente do que os raticidas tradicionais.

Para mais informações acessem:

http://www.pragas.com.br/noticias/destaques/feijao_raticida.php

Um comentário:

  1. qual é a quantidade necessária de feijão cru que pode fazer mal ao nosso organismo?

    ResponderExcluir