segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Milhões de baratas

Este vídeo é assustador:

Dentro de algumas cavernas, que são habitadas por milhares de morcegos, o solo fica completamente coberto pelas suas fezes e para piorar a situação há uma outra camada de baratas só se alimentando das fezes e de tudo mais que cair por lá, inclusive dos morcegos doentes ou bebês, que por ventura caiam no chão.

Só queria ver um making off do vídeo para saber como eles fizeram para filmar!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

ONG procura lar para mil ratos nos EUA

Esta notícia da BBC Brasil, eu vi no UOL

  • Reprodução

  • Os roedores destruíram uma casa na Califórnia, Estados Unidos

Uma ONG americana de proteção a animais está procurando lares adotivos para mil ratos "resgatados" de uma casa que eles infestaram e praticamente destruíram.

Os roedores tomaram conta da edificação, em Los Angeles, na Califórnia, após a filha do dono da propriedade ter trazido para casa uma rata grávida.

O proprietário estaria recebendo tratamento para problemas mentais.
Equipes da entidade North Star Rescue estão cuidando dos ratos em um enorme depósito até o dia 5 de dezembro, quando os animais poderão ser recolhidos por voluntários que queiram lhes oferecer um novo lar.

Doações
Os ratos se espalharam pela área externa da casa, levando vizinhos assustados a contatarem a produção de um programa de televisão que mostra casos reais de pessoas que vivem em meio a lixo e sujeira, segundo o jornal San Jose Mercury News.

"Ele tinha todos esses ratos se reproduzindo ali dentro, até destruírem sua casa inteira", disse ao jornal uma das ativistas da ONG, Lauren Paul.

"Eles roeram todas as paredes. Havia gaiolas na casa, mas as portas estavam abertas. Quando você entrava na casa, ficava parado em meio a uma quantidade imensa de ratos", disse Paul.

Além de procurar novos lares para os roedores, a North Star Rescue também está pedindo doações de alimentos como "cereais saudáveis para ser misturados com comida para rato, macarrão, frutas secas e soja", entre outros alimentos "compatíveis com ratos", diz uma nota divulgada pela ONG.

Diplopoda: Que bicho é esse?

Mais um artigo da Karlla Patrícia que interessou ao Blog das Pragas e que pode fazer parte do nosso Guia Visual.
Diplopoda: Que bicho é esse?
24 de novembro de 2010
“Os gongolos são muito comuns na minha casa. Queria saber mais sobre eles.” Willian (@wsazevedo )



Imagem enviada pelo Willian!
Realmente não há quem nunca quis brincar com um gongolo que apareceu perdido pela calçada ou algum cantinho. Esses bichinhos simpáticos são artrópodes também conhecidos popularmente como embuás, piolhos-de-cobra. São na verdade da classe dos Diplópodes, que grosseiramente, significa “dois pares de perna por segmento”. E por falar em segmento, esse bichinho tem muito deles variando entre 20 e 100. E cada segmento tem dois pares de perninhas, que conseguimos ver se observarmos com atenção.
Os gongolos gostam de lugares úmidos e com pouca luz. Apesar de algumas espécies chegarem a apresentar 750 patas eles andam lentamente, examinando o caminho com as antenas. Gostam de comer matéria vegetal orgânica em decomposição (detritos, restos de vegetais mortos). O exoesqueleto é bem resistente, apresenta, além de muita quitina, alguns depósitos de sais de cálcio, mas não é totalmente impermeável e por isso a vida dos gongolos é restrita ao ambiente úmido.
Quando são perturbados ou sentem medo, enrolam o longo corpo numa espiral protetora, com a cabeça no centro. Algumas espécies secretam, em glândulas especiais, um líquido de odor forte, contendo iodo e cianeto, que é usado para repelir predadores.
É ou não é um bichinho simpático?
E quando estão em perigo, se enrolam protegendo a cabeça no centro do espiral.
Bebês gongolos, muitíssimos fofos!

Briga de Gato e Rato: quem leva a melhor?

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Diário de Biologia no Blog das Pragas

Já faz algum tempo que venho querendo falar de um site que acho muito bem feito: O Diário de Biologia

E para mostrar sua qualidade reproduzo abaixo um texto de lá, escrito pela bióloga Karlla Patrícia:

Vespa controla a mente da aranha e a usa como ninho para suas larvas.

Pode acreditar. Existe um tipo de vespa que possui o incrível capacidade de controlar o comportamento de aranhas e pode manipulá-la de forma impressionante seu hospedeiro. A vespa conhecida como Hymenoepimecis sp. pertence à família Ichneumonidae. As vespas desta família são parasitóides, ou seja usam o corpo do hospedeiro como alimento até sua morte.

-

A pobre aranha passa todos os dias da sua vida construindo sua teia. No entanto, a vespa é sorrateira: surpreende a aranha em sua teia com uma ferroada e despeja seu veneno que age no sistema nervoso da aranha causando uma paralisia temporária. Quando a aranha está imóvel, porém viva, a vespa deposita seu ovo na ponta do abdome da aranha e então se vai deixando sua vítima recuperar do ataque.

-

Tudo pareceu só um susto para a aranha: depois da partida vespa, ela readquire sua capacidade de se movimentar, e continua a construção de sua teia como se nada tivesse acontecido. Só que, depois de um tempo, o ovo da vespa eclode e a larva faminta se agarra no abdome da aranha e começa a se alimentar de seus sucos (hemolinfa) através de uma série de furos pequenos.

-

A aranha não percebe nada até que num determinado momento do desenvolvimento, a larva libera substâncias químicas na aranha que a induzem uma mudança de comportamento: A aranha passa a tecer um tipo diferente de teia, fazendo uma teia menor e mais resistente, com um desenho que não tem nada a ver com aqueles feitos pela sua espécie. Uma vez que a nova teia está pronta, a larva mata a aranha devorando suas vísceras e formando um casulo sobre a estrutura da nova teia que agora é resistente ao vento, à chuva, e seguro das formigas que habitam o solo da floresta. É mole?

-

A vespa Hymenoepimecis pousa na teia de uma aranha e aguarda a saída do aracnídeo de seu abrigo para atacá-lo, imobilizá-lo e depositar um ovo em seu abdome

Larva da vespa no abdome de uma aranha, já bem grandinha!

Teia normal, feita pela aranha saudável, sem parasita no corpo!

:( Após construir a teia modificada que irá proteger o casulo da vespa, o aracnídeo parasitado é consumido pela larva … Medo!

Encontrei aqui: http://diariodebiologia.com/#ixzz14FFuNJF8

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

As baratas na luta contra as bactérias.

As baratas, nossas vizinhas, que costumam trazer bactérias para dentro de nossas casas, poderão também nos ajudar a combatê-las.

Por andarem nos locais mais sujos possíveis, as baratas estão expostas a muitas bactérias. Devido a este contato constante com estes microorganismos, as baratas acabaram desenvolvendo excelentes sistemas de defesas.

Pesquisadores da Universidade de Nottingham acabaram de isolar do cérebro e tecido nervoso das baratas noves substâncias diferentes com ótimo efeito bactericida. Elas são capazes de matar mais de 90% dos Staphylococcus aureus resistentes à meticilina (MRSA, na sigla em inglês) e também a Eschirichia coli (E. coli), sem prejudicar as células humanas.

As bactérias estão se tornando cada vez mais resistentes aos antibióticos existentes. Um dos motivos é o uso indiscriminado destes medicamentos, já que muitas pessoas se auto medicam e vários médicos não pensam duas vezes antes de receitá-los.

As baratas podem nos dar uma mão nesta luta contra as bactérias. Alguém quer dar um beijinho de agradecimento?

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

As pragas em nossas vidas

Elas são odiadas por quase todos e causam pânico em muitas pessoas, mas apesar disso fazem parte de nossas histórias infantis, dos nossos desenhos animados e estão sempre no cinema, na televisão, nas músicas e nos livros.

A presença delas nos meios de comunicação, na grande maioria das vezes, não é para nos alertar ou para ensinar como nos proteger delas. A maior parte das histórias ilustra suas habilidades e as características que mais admiramos.

As pragas sempre estiveram e sempre estarão em nossas vidas. Conhecendo-as podemos identificar suas qualidades e seus pontos fracos e tentar tirar proveito de suas características, não só para controlarmos suas populações, mas também para que elas nos ajudem a viver melhor.

As espécies consideradas pragas são essenciais para a natureza e nunca poderemos viver sem elas. Sendo assim, devemos aprender a viver com elas e nem sempre contra elas. Precisamos usar as informações, as pesquisas, a ciência e a biologia para harmonizarmos nossa relação com elas, utilizando suas franquezas para mantermos um novo patamar de equilíbrio, após as alterações que fizemos no ambiente natural, e aprendendo com suas virtudes, para vivermos melhor e para que nos ajudem em no nosso modo de vida.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Guia visual – Parte 1 - Baratas

Resolvi fazer este guia visual para facilitar as pessoas a identificar os bichos que podem aparecer em suas casas.

No dia a dia vejo bastante clientes com um bicho em casa mas que não sabem dizer o que é.

Espero que isto ajude.

Começaremos com as baratas:

Barata comum, seus ovos e suas várias fazes de desenvolvimento:

Blatella germanica: São bem menores. As maiores são do tamanho de uma unha

Para mais informações sobre as características das duas espécies, veja esta postagem anterior:

http://blogdaspragas.blogspot.com/2009/05/teste-de-paternidade-em-baratas.html

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

As Formigas e o Detergente

É muito comum ouvirmos dicas para o controle das formigas que aparecem na pia de casa.

Já escrevi aqui no blog sobre o uso do cravo no controle das formigas:

http://blogdaspragas.blogspot.com/2009/05/as-formigas-e-o-cravo.html

Outra medida que costuma ser sugerida é a aplicação de detergente dentro dos furinhos onde elas se escondem.

As formigas são sensíveis e muitas substâncias podem matá-las quando jogadas dentro do seu esconderijo. O problema é que normalmente é muito difícil achar todos os furinhos por onde elas entram e, em alguns deles, como tomadas, não podemos ficar colocando nada líquido. Além disso, estas substâncias não penetram muito pelo furo e não apresentam quase nenhuma ação a longo prazo, e, portanto, acabam matando somente aquelas que estão mais próximas da saída e, em poucos dias, lá estão elas de novo.

Tipos de pernilongos: Anopheles

Dando sequência a série de posts sobre os tipos de pernilongos, faltava falarmos sobre os anopheles.

Eles estão mais associados à transmissão da malária. Ocorrem principalmente dentro de matas e nas suas imediações, não sendo comuns nas grandes cidades. Põem os seus ovos principalmente na água que se armazena nas bromélias e em outras plantas; em água parada ou nas margens de córregos de correnteza fraca.

Podem picar a qualquer hora do dia e são atraídos pela luz artificial.

Veja também as postagens anteriores:

Aedes

Culex

Prêmio Blog Books

Agradeço a todos os amigos e leitores pelos votos que recebi para o prêmio Blog Books.

O esforço de vocês deu certo. O Blog das pragas se classificou entre os dez mais votados na categoria Ecologia e Meio Ambiente e agora será avaliado por uma comissão técnica que escolherá um blog para ser transformado em livro.

O blog das pragas surgiu em abril de 2007 já como uma forma de divulgar, passar para o público e avaliar a aceitação de partes de um manuscrito de livro que preparei. Além do que já coloquei no blog, ainda tenho muito material inédito. São informações úteis, dicas e curiosidades sobre estes animais que costumam invadir nossas casas. Sempre de maneira descontraída e de fácil leitura venho tentando informar e ajudar as pessoas a lidarem com estes bichos. Afinal, quem nunca teve problemas com baratas, formigas, ratos ou cupins.

Nestes três anos venho recebendo muitas mensagens de agradecimento e de incentivo e quem sabe agora não consigo expandir este projeto e transformá-lo no livro que sempre idealizei.

Vamos aguardar ansiosamente a escolha dos editores.

Mais uma vez obrigado a todos.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Este Blog pode virar livro

Visitantes e amigos. O Blog das Pragas está inscrito no prêmio Blog Books.

Para que meu blog seja escolhido e vire livro preciso do voto de todos.

Por favor cliquem so selo acima e votem no meu blog.

Obrigado,

Humberto

Davi e Golias

Nos últimos dias tenho visto várias reportagens relatando um trabalho científico que mostrou que as formigas são capazes de derrotar um elefante.

No quênia existe uma árvore do tipo Acácia que é muito apreciada pelos elefantes. Mas a planta serve de abrigo para algumas espécies de formigas e também produz um nectar que as alimenta.

Em troca, as formigas protegem as árvores dos elefantes. Quando eles tentam comê-las, as formigas começam a entrar em suas trombas, que são muito sensíveis, e a picá-los sem dó, fazendo com que desistam.

Os elefantes conseguem sentir o cheiro das formigas e muitas vezes nem se aproximam das árvores onde as formigas estão.

Por isso, pesquisadores estudam a possibilidade de usar este cheiro para enganar os elefantes e proteger outras árvores e plantações de seus ataques, que costumam ser devastadores.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Barata Congelada

Já vimos na postagem anterior que as baratas podem sobreviver dentro do microondas.

Agora veja isto:

Apesar de serem menos comuns em regiões de clima frio, se você decidir colocar uma barata no freezer ela congelará. Ficará durinha. Mas, ao ser retirada, ela descongelará e poderá sair andando. Será então que podemos congelá-las e depois descongelá-las no microondas?

Record de visitas

Neste mês de agosto o Blog das Pragas bateu seu record de visitas.
Foram mais de 1400 visitantes únicos e mais de 2200 pages views.
Obrigado a todos.
Continuem visitando e por favor votem no blog no prêmio blogbooks.

Humberto Conzo Junior


- Posted using BlogPress from my ipad

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Sobreviventes da bomba atômica e de microondas

As baratas estão entre as poucas espécies que sobreviveriam a um desastre nuclear. As que estivessem distantes do centro de ação das bombas, por terem corpos chatos e pequenos, conseguiriam escapar da radiação mais forte se escondendo em pequenas frestas. Portanto, é mais fácil acabar com os humanos do que com as baratas.

As baratas também podem sobreviver dentro dos microondas. Não só na área do motor, mas mesmo se uma barata entrar dentro da área destinada a se colocar os alimentos ela poderá escapar ilesa ao funcionamento do aparelho, dependendo do seu tamanho, posicionamento e quantidade de água no organismo.

As Pragas estão na mídia

Mais uma vez a rede Globo de televisão trata em seus noticiários as questões das pragas urbanas. Hoje foi a vez do Jornal Hoje apresentar uma matéria sobre os cupins.

Tenho reparado que este tipo de matéria tem se repetido ultimamente. Nos últimos meses já fiz várias postagens dando links de vídeos deste tipo:

http://blogdaspragas.blogspot.com/2010/04/pragas-no-jornal-nacional.html

http://blogdaspragas.blogspot.com/2010/04/cupins-no-jornal-nacional.html

http://blogdaspragas.blogspot.com/2010/05/morando-com-os-barbeiros.html

http://blogdaspragas.blogspot.com/2010/05/diagnostico-da-leptospirose.html

Veja também a matéria no site da globo:

http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2010/08/saiba-como-localizar-um-ataque-de-cupins-em-moveis-quadros-e-portas.html

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Terceiro Ano de Revoadas Acompanhadas pelo Blog

Este já é o terceiro ano nesta mesma época do ano que escrevo aqui sobre as revoadas dos cupins.

Aqui no Sudeste, elas começam sempre entre agosto e setembro, assim que temos dois ou três dias de calor após um período frio.

É a hora em que os siriris começam entrar em nossas casas e também é o momento de descoberta de surpresas desagradáveis para aqueles que, mesmo com tudo fechado, vê que os bichinhos estão dentro de casa, muitas vezes saindo por conduítes elétricos ou spots de luz.

Para mais informações sobre as revoadas veja os posts dos anos anteriores:

http://blogdaspragas.blogspot.com/2009/05/siriris-ou-aleluias.html

http://blogdaspragas.blogspot.com/2009/06/novamente-os-siriris.html

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Traças de Livros

 
São um dos insetos mais antigos que existem.
Ao contrário das traças de roupas, as dos livros não apresentam asas e já saem dos ovos com a mesma forma da traça adulta. São uns bichinhos prateados, em inglês conhecidos como “Silver Fish”, peixe prateado.
Não gostam de umidade e nem de luz e gostam de se esconder nas frestas das estantes, cordões de carpetes, rodapés, embaixo de tapetes, em sofás e até mesmo no forro das casas, além dos livros e papéis, é claro.
Gostam de se alimentar de papéis, mas podem se contentar com outros materiais, atacando inclusive tecidos, carpetes e tapetes.
Normalmente, seu controle é simples e uma desinsetização geral da residência costuma resolver o problema.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Pomba Espiã

Já não bastava as notícias que publiquei aqui no blog mostrando que os traficantes estavam usando pombos correio para introduzir drogas e celulares nas cadeias do Brasil.

http://blogdaspragas.blogspot.com/2009/10/pombo-no-trafico.html

http://blogdaspragas.blogspot.com/2009/06/pombos-como-uma-nova-arma-do-crime.html

Agora no mês de maio, li uma notícia dizendo que uma pomba havia sido detida da Índia acusada de espionagem para o Paquistão!

A pomba branca, tinha um anel vazio e um endereço e um telefone paquistanes pintados com tinta vermelha em seu corpo.

A pomba foi levada para a delegacia e estava proibida de receber visita e vigiada por dois guardas armados!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Fantástico mostra iniciacão de índios com formigas

Este vídeo do Fantástico de ontem ilustra bem duas postagens que já fiz aqui no blog, anos atrás, falando sobre o rito de iniciação dos índios Saterés-Maués, que fazem com que os meninos coloquem luvas recheadas de formigas.

Para mais informações veja as duas postagens abaixo:

http://blogdaspragas.blogspot.com/2009/05/luva-de-formigas.html

http://blogdaspragas.blogspot.com/2009/05/initiation-with-ants.html

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Traças de Roupas

Normalmente chamamos de traça aqueles casulos prateados, às vezes brancos, parecidos com semente de abóbora e que costumamos encontrar grudados por uma das extremidades em tetos, paredes ou armários. E é sobre eles que colocamos a culpa pelo aparecimento de roupas roídas. Esta associação está certa apenas parcialmente.

Estes casulos são as pupas da traça, que darão origem à traça adulta que apresenta asas e é uma mariposinha de cor clara e com tufos de pêlos avermelhados em sua cabeça. Só que tanto a traça adulta quanto a sua pupa não se alimentam. Quem se alimenta das nossas roupas são apenas as larvas das traças. Elas se alimentam apenas de lã ou de outros tecidos à base de pêlos naturais, já que o que consomem é a queratina existente nestes materiais. Outros tipos de tecidos como algodão e qualquer outro de fibra vegetal só serão atacados se estiverem impregnados com suor, óleo do couro cabeludo, ou alimentos como cerveja, leite e etc. Portanto, só o fato de não se guardar roupas usadas já ajuda no controle destes insetos.

Estas larvas ficam aderidas às fibras das roupas e são de difícil visualização. Vão consumindo o tecido até estarem prontas para formar as pupas, quando então saem da roupa à procura de frestas.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Bombas de pulgas

Na década de 1930, durante a ocupação da Manchúria, o exército japonês lançou através de aviões milhões de pulgas contaminadas com a Peste sobre a população chinesa.

Esta arma biológica, além de poder ser fatal, deve ter dado uma coceira!!

terça-feira, 22 de junho de 2010

Barata no ouvido

Este vídeo é para quem tem estômago forte.

Ele mostra uma barata viva dentro do ouvido de uma pessoa e a dificuldade do médico em retirá-la.



sexta-feira, 18 de junho de 2010

Cientistas encontram pegadas deixadas por escorpião gigante na Escócia

Cientistas britânicos encontraram na Escócia pegadas fossilizadas de um animal que eles acreditam ser um escorpião gigante que teria vivido há cerca de 330 milhões anos - muito antes do surgimento dos dinossauros.

O animal teria 2 metros de comprimento, 1 metro de largura e seis patas, e seu habitat seria areia úmida. Ele é um antecessor dos atuais escorpiões e caranguejos-ferradura.

As pegadas foram descobertas por Martin Whyte, da Universidade de Sheffield, quando ela fazia uma caminhada pela região escocesa de Fife.

Elas representam a maior trilha de pegadas deixadas por um animal invertebrado da qual a comunidade científica tem conhecimento.

Molde
A trilha consiste em três fileiras de pegadas em forma de meia-lua em cada lado de uma ranhura central. Segundo os cientistas, a ranhura teria sido feita pela cauda do animal quando ele se arrastava pela areia.

O fóssil contrasta com a teoria anterior de que o escorpião, batizado de Hibbertopterus, teria vivido exclusivamente no meio aquático.

Segundo a Scottish Natural Heritage, órgão que administra o patrimônio natural da Escócia e que está financiando a pesquisa, a descoberta é importante internacionalmente por se tratar de uma criatura "gigantesca".

A entidade informou que os paleontólogos envolvidos criarão um molde em silicone do fóssil para poder estudá-lo melhor. "A trilha está em uma situação precária, já que ficou anos exposta à erosão. A rocha em que ela está também corre risco de desabar", afirmou Richard Batchelor, da Geoheritage Fife, outro organismo de preservação de patrimônio natural.

"Removê-la até um museu teria um custo proibitivo, mas fazer um molde de silicone significa que poderíamos replicá-la e ainda estudá-la por ainda muitos anos."

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Cupins, os reis da Savana

Nem leão, nem elefante, rei da savana é o cupim, diz estudo




Um estudo da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, indica que os verdadeiros reis da savana africana não são os leões, mas sim os cupins. Segundo o pesquisador Robert Pringle, a rede de colônias criadas pelas colônias do inseto influencia mais na população de animais que os grandes predadores ou os gigantes da região, como os elefantes e as girafas. As informações são da Agência Fapesp.

Segundo a pesquisa, a ação do cupim contribui enormemente para a produtividade do solo, que acaba por estimular a produção vegetal e, por consequência, animal. Os cientistas afirmam que a distribuição dos cupinzeiros por uma área maior maximiza a produtividade de todo o ecossistema.

"Não são os predadores carismáticos - como leões e leopardos - que exercem os maiores controles em populações. Em muitos aspectos, são os pequenos personagens que controlam o cenário. No caso da savana, aparentemente os cupins têm uma tremenda influência e são fundamentais para o funcionamento do ecossistema", diz Robert Pringle.

Os pesquisadores estudaram cupinzeiros na região do Quênia central. Eles observaram que essas estruturas tinham cerca de 10 m de diâmetro, com distâncias entre 60 m e 100 m entre eles. Cada um abriga milhões de insetos e muitas vezes são centenários.

Os cientistas se surpreenderam ao observar um grande número de lagartos próximos aos cupinzeiros, o que levou à quantificação da produtividade ecológica da área. Eles chegaram à conclusão que cada comunidade de insetos dava suporte a densas agregações de flora e de fauna. As plantas cresciam mais rapidamente quando próximas a essas estruturas e as populações de animais, assim como a taxa de reprodução, eram menores quando ficavam longe dos cupinzeiros.

Imagens feitas por satélite confirmaram as observações. Segundo os pesquisadores, essas imagens mostravam que cada cupinzeiro ficava no meio de uma "explosão de produtividade floral". Além disso, essas "explosões" parecem divididas organizadamente, com cada uma como se fosse uma casa em um tabuleiro de xadrez.

Os cientistas pretendem agora estudar qual é exatamente a contribuição dos cupins à essa produtividade. Eles acreditam que os insetos - que muitas vezes são vistos como pragas na agricultura - distribuem nutrientes, como fósforo e nitrogênio, que beneficiam a fertilidade do solo.

Fonte: Terra Notícias / Agência Fapesp - 30/05/2010

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Ratos na Política

Esta é mais uma prova da esperteza e habilidade dos ratos.

Eles conseguem invadir até a casa mais vigiada e segura do planeta!

Pois é, até a Casa Branca está sendo invadida por ratos.

Vejam no vídeo, o rato se exibindo para os jornalistas que aguardavam o pronunciamento do Presidente Barack Obama.

Apesar do vídeo não mostrar, ele não se inibiu nem com o presidente. Só faltou falar no microfone.

O Obama também já está virando visita frequente neste blog. Já apareceu matando uma mosca:

http://blogdaspragas.blogspot.com/2009/06/obama-o-matador-de-moscas.html

Agora só faltou dar uma bicuda no rato.

Rato aparecendo à luz do dia é sinal de alta infestação! Vão precisar enquadrar os ratos na lei contra o terror.

domingo, 9 de maio de 2010

Diagnóstico da Leptospirose

No dia 14/04/2010 o Jornal Nacional deu bastante espaço para os temas relacionados com as pragas.

Além do vídeo da postagem anterior, sobre os barbeiros, também apresentaram esta matéria sobre o diagnóstico da leptospirose.

Assistam:


Morando com os barbeiros

Ainda me lembro de quando aprendi na escola que os barbeiros, transmissores da doença de Chagas, viviam nas frestas das paredes das casas de taipa.

Vinte cinco anos já se passaram e ainda hoje ainda existem mais de 600.000 casas deste tipo no Brasil.

Veja este vídeo do Jornal Nacional sobre este assunto:

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Pernilongos e Cerveja

Pesquisadores Australianos advertem:

Se beber capriche no repelente!

É, parece que os pernilongos também curtem uma cervejinha!

Em uma pesquisa científica recêm publicada, na comparação com homens que só beberam água, notou-se que os que só beberam cerveja atraiam mais os pernilogos: 47% contra 38%.

Não se tem uma conclusão do que exatamente chamou mais a atenção dos pernilongos, mas alguma coisa atraiu a atenção deles para os manguaceiros.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Cupins no Jornal Nacional

Mais um vídeo da série que mencionei.

Este é sobre os cupins de solo. Vídeo simples e muito bom para se ter uma nocão básica do que é esta praga.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Pragas no Jornal Nacional

Nos últimos dias, o Jornal Nacional, da TV Globo, vem mostrando uma série de reportagens sobre as pragas urbanas.

Veja a reportagem sobre escorpiões:

sexta-feira, 19 de março de 2010

Revista GO OUTSIDE



Nas duas últimas edições desta revista (fevereiro e março) ajudei a jornalista Vanessa Kopersztych a esclarecer perguntas dos leitores relacionadas a insetos.


A primeira pergunta era porque as mariposas são atraídas pela luz e a segunda se é verdade que o pó das asas das borboletas podem causar cegueira.


Embora, o assunto não seja exatamente sobre pragas, tentarei colocar em breve postagens sobre estes assuntos.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Inseticidas Caseiros

No vídeo abaixo da Globo Minas uma professora de fitoterapia fala das plantas mais comuns usadas para repelis insetos.

Posteriormente, em nova postagem, discutirei sobre algumas destas plantas.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Nova espécie de aranha

Nova espécie foi descoberta nas dunas da cidade de Arava, em Israel Foto: EFE

foto: EFE

Acaba de ser descoberta em Israel uma nova espécie de aranha.

A sujeitinha aí da foto pode ter pernas de até 14 cms e foi batizada como Cerbalus arevensis, sendo a maior aranha do Oriente Médio.

Mais alguns anos e ela poderia estar extinta antes de a conhecermos. Vive nas dunas de uma região que vem encolhendo e hoje está restrita a uma área de 3 km2.