quarta-feira, 8 de junho de 2011

Vento e Cupins derrubam árvores em São Paulo

image

Nesta terça feira à noite, ventou muito em São Paulo, com muitas árvores caindo, deixando bairros sem luz e causando, inclusive vítimas fatais.

No SPTV primeira edição, transmitido nesta quarta na Rede Globo, levantou-se a questão de que muitas árvores cairam por estarem atacadas pelos cupins; e foi cobrado da prefeitura uma avaliação das árvores da cidade para saber quais estariam comprometidas.

Gostaria de discultir esta questão mais a fundo, pois com este argumento do ataque por cupins, muita gente quer que árvores sejam removidas de suas ruas, muitas vezes sem necessidade.

É lógico que algumas árvores precisam ser retiradas, mas é necessário que se faça uma avaliação rigorosa, por pessoas capacitadas.

Na minha opinião devemos pensar além e tentar entender porque as árvores estão sendo destruídas pelos cupins.

Na natureza o cupim convive em harmonia com as árvores, comento galhos danificados e pedaços das raízes que estão mortos, mas eles nunca irão derrubar uma árvore sadia.

Na cidade o que acontece é que a própria prefeitura e a eletropaulo realizam as podas em épocas inapropriadas e de forma incorreta, muitas vezes transformando as árvores em palitos verticais, com a remoção de quase toda a copa.

Estas podas acabam enfraquecendo as árvores e deixando elas doentes. Desta forma, os cupins passam a ver aquela árvore como uma árvore que está morrendo e conseguem tomar conta da situação. Muitas vezes a copa volta a crescer, mas agora os cupins já ganharam a guerra e vão destruindo a árvore por dentro.

Portanto, além de um estudo detalhado das árvores da cidade, é preciso uma reformulação na rotina dos cuidados e manutenção, para que as árvores possam viver saudáveis por mais tempo colocando um pouco de verde em nossa cidade tão cinza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário